info@tecnisis.pt | tel:+351 214267290
Instrumentação Analítica para

Análise de Líquidos

Medição de Turvação, de Cor e de traços de óleo Para Cervejas, vinho, águas limpas e águas sujas

Turvação – Cor – Óleo em água

Para a análise de líquidos na Industria poderá ver a seguir analisadores para colocar em linha no processo e turbidimetros de laboratório utilizando o princípio da radiação, difusão e absorção de luz que possibilitam medidas precisas de extrema fiabilidade.

Estes analisadores tem longa duração e mínima manutenção

Aplicações principais em:

  • Cervejeiras – medição de turvação, medição de cor, deteção de faze mosto/cerveja e água/cerveja, turbidimetros de laboratório
  • Estações de tratamento de Aguas – medição de turvação de água limpa, de água muito sujas e medição e ozono
  • Refinarias, Químicas e Centrais Termicas – medição e óleo em agua, medição de turvação e cor

Com estes analisadores a medida é feita em contínuo, sem contato do líquido com as óticas e por isso sem as contaminar, com calibração simples e operação muito fiável praticamente sem necessidade de manutenção.

  1. Turvação de cerveja e vinho em linha - Turbiscat
  2. Turvação em laboratório – Labscat 2
  3. Deteção de interface cerveja /mosto, cerveja /agua – Phase Guard
  4. Turvação de água potáveis e águas sujas – Aquascat WTM e HT
  5. Medição de óleo em Água – Oilguard 2

1. Medição de Turvação de Cerveja em linha no processo – Turbiscat

A turvação é criada pela existência de partículas sólidas no líquido. Quando um feixe de luz passa na amostra de líquido essas partículas criam difusão de luz.

Com o Turbiscat mede-se em linha a turbidez de cerveja, e outros líquidos mas a sua maior aplicação é na industria de cervejas

Neste Analisador é utilizado o princípio de medida com emissão e recepção de luz difundida segundo 2 ângulos de 90 º e de 25 º permitindo medições muito precisas da turvação originadas por partículas de pequena dimensão (medida a 90º) e partículas de maior dimensão (medida a 25º).

As medidas de turvação são efectuadas com grande precisão e com compensação de:

  • Cor do líquido
  • Contaminação e sujidade das lentes
  • Flutuação na intensidade da luz derivada do envelhecimento da fonte de luz.

O Turbiscat tem calibração fácil usando um filtro de referência com um valor fixado de turbidez. Este procedimento é simples e muito rápido evitando o manusear de soluções de calibração com formazaina.

A Unidade de Controlo é a SICON com ecrã digital a cores, com teclado táctil e com indicação alfanumérica e gráfico de barras.

O Turbiscat, é muito robusto e fiável, funcionando sem necessidade de manutenção e de calibração durante longos períodos.

2. Medição de turvação em Laboratório – Labscat2

Com o turbidimetro de laboratório "Labscat2 ", pode medir e controlar a qualidade da Cerveja, e de vinho diretamente na garrafa, sem perder tempo e sem se preocupar com os habituais problemas de manutenção e de calibração.

A medida de turvação da Cerveja é um fator muito importante no controle de qualidade do produto final. A turvação da Cerveja ou seja a concentração de partículas em suspensão, dá uma indicação directa da clareza da Cerveja. E em conjunto com os testes de envelhecimento acelerado, permite saber qual o tempo de vida suportável em armazém.

Os testes intermédios de turvação na zona de mosto, no tanque de armazenamento e na cerveja não filtrada ajudam também a otimizar o processo de produção.

Para estas medições de Turvação o Labscat2 é uma solução ótima, possibilitando medições de extrema fiabilidade e precisão mesmo sem retirar a cerveja da garrafa. A medição é efetuada de forma muito simples e rápida.

O Labscat utiliza a técnica de medida em simultâneo da luz difundida a 90º e da luz transmitida a 25º, com o feixe de luz emitido pelo mesmo emissor. A luz difundida segundo o ângulo de 90º dá a indicação da concentração de pequenas partículas ou turvação coloidal, enquanto a luz transmitida a 25 º dá uma indicação da concentração das partículas de maior dimensão como é o caso de partículas de levedura ou partículas diatómica de terra.

O Labscat é calibrado na fábrica com Formazina , que é a substância de referência para as medidas em unidades de EBC, ASBC, TU e TE/F. E poderá ser testada de acordo com a norma ISO9001 utilizando um filtro de vidro com valor fixo de turvação. Evitam-se assim, as necessidades de utilização no Laboratório com a solução de formazina que é sempre desagradável.

A gama de medida para a cerveja em garrafas é de 0..100 EBC para uma cor máxima de 50 EBC mas pode ser alargada a gamas de 0..500 EBC usando copos específicos para a amostra.

O Labscat tem grandes vantagens nomeadamente Longos intervalos de manutenção, Medição direta da turbidez na garrafa, Compensação de cor para cervejas escuras e claras, A medição de turbidez é com duplo ângulo o que permite medir a turbidez derivada das partículas coloidais e partículas de levedura, Análise da dimensão das partículas, Medição é efetuada com a garrafa em rotação e com lavagem com água para minimização de erros.

3. Deteção Cor e Interface - Cerveja / Água/ Mosto – Phase Guard

Na produção de cerveja e de sumos um dos pontos críticos é o da deteção da transição de fase de diferentes líquidos, por exemplo na passagem de cerveja e água, Levedura e cerveja, ou sumo e água. (por exemplo em fases de limpeza CIP).

Com os métodos convencionais de deteção de fase utilizando sensores de Condutividade, ou sensores de pH, controle por tempo ou a visualização do operador, a possibilidade de erro é bastante elevada. Por outro lado a instalação dos detetores, é intrusiva e são necessários grandes cuidados com a manutenção. Os elétrodos de pH e de condutividade, precisam de limpezas e substituição frequentes, sendo a rapidez de reação na transição de fase de líquidos dependente do estado de funcionamento desses sistemas.

Com o Phase Gurad pode medir a reflexão e a absorção do produto diretamente na conduta sendo possível detetar diferentes produtos através da sua cor, ou através da sua turvação, ou identificar um determinado tipo de produto.

A aplicação mais típica é a de detetor na situação de transição de fase de líquidos. Por exemplo na passagem de água após a cerveja ou sumo e também na de levedura e cerveja.

4. Medição Turvação em água potável – Aquascat WTM e Suja - HT

Um dos problemas associados á medição de turvação em água é a contaminação das óticas e a necessidade de efetuar limpezas e de manutenção frequentes.

Com o fotómetro Aquascat a medida de turvação em água potável e em águas sujas nunca foi tão fácil.

É um turbidimetro impressionante, pelo facto de garantir medidas de grande precisão durante longos períodos com mínima manutenção. Enquanto noutros aparelhos é necessário limpar as óticas, e calibrar para compensar os desvios, no Aquascat não existe contacto da amostra com as ópticas e o sistema compensa automaticamente os desvios.

A medição de turbidez é feita com a deteção da difusão de luz segundo um ângulo de 90 º, com a amostra de água passando em queda livre na célula de medição. A calibração é feita automaticamente através de um filtro incorporado no analisador.

Existe em 2 versões, a de medição de turbidez em água potável de acordo com IEC27027 com gamas de medida desde 0,001 a 4000 FNU em 8 gamas, indicação digital, alimentação 230VCA e saída 4..20 mA e 2 relés de alarme.

E a versão Aquscat HT para gamas de alta turvação em águas residuais sujas.

5. Medição de Traços óleo em Água – Oilguard 2

Em Refinarias em Químicas e Industrias de Processo após o tratamento de águas é fundamental a monitorização de Óleo e Gorduras na água antes da emissão da água para o exterior.

A monitorização com os analisadores de laboratório é insuficiente para evitar a contaminação do ambiente e por isso é necessário a instalação de analisadores em linha com medição continua.

Nestes analisadores o grande problema é o da necessidade frequente de manutenção para calibração e limpeza, exceto com o analisador por Fluorescência que agora lhe apresentamos – o Oilguard2.

Este analisador Utiliza fonte emissora de luz ultravioleta e mede a luz radiada pelas partículas de óleo mineral na água. Para águas residuais tratadas o Oilguard2 incorpora célula de medida com fluxo em queda livre enquanto na medida de condensados a célula é fechada. Estes sistemas estão aplicados em centenas de aplicações no mundo e em Portugal sendo referenciado como sistema muito fiável e com baixa manutenção. Em Portugal as principais aplicações encontram-se em refinarias, em químicas e em centrais térmicas.

A contaminação da água com óleo e o envio para o exterior sem tratamento representa um factor de poluição ambiental que é necessário evitar e que é proibido por lei.

Quer seja em Refinarias, Químicas ou em Industrias de processo, é necessário garantir que a água tratada não contem óleo e gorduras em valor superior a determinado limite. Por isso a monitorização deve ser contínua e em caso de valor excedido a água deverá ser reciclada para novo tratamento.

Para aplicações em zonas ATEX deverá utilizar-se o Oilguard 2 EX em que a calibração pode ser feita sem interrupção da amostra.

Com o Oilguard as medidas são fiáveis e o instrumento mantém-se em bom funcionamento durante longos intervalos de tempo com mínima manutenção.

As principais aplicações do Oilguard2 são Medição de óleo e gorduras após tratamento de águas em Refinarias, Químicas e outras Industrias de processo, Monitorização de traços de Óleo em água potável, Deteção de óleo em condensado de caldeira, Deteção de fugas de óleo em água de refrigeração.

Contacte-nos pelo nº 21 426 7290 ou info@tecnisis.pt para receber uma proposta. Pode também contactar-nos preenchendo e enviando o seguinte formulário:  

Nome:
Empresa:
Email:
Estou interessado em:

TECNISIS


© Tecnisis info@tecnisis.pt | tel:+351 214267290